O gratificante abraço final

Assim que a noiva é pedida em casamento (ou até mesmo antes disso tsic tsic), a mulher já começa a planejar mentalmente tudo o que ela quer para o seu grande dia. Um casamento rosa e dourado, violeta e abóbora, verde e lilás. Ela pensa onde será a cerimônia, como será a recepção e qual música vai dançar em sua valsa.

noivado.jpg

Enquanto isso, o noivo, começa a planejar também. Planeja quanto vai gastar, como economizar e em quantas parcelas poderá pagar os trezentos e cinquenta e seis mil fornecedores da festa.

Brincadeiras a parte, o casal identifica de maneiras diferentes a nova fase de planejamento do casamento. Ambos não limitam suas emoções e colocam à tona tudo o que sempre passou pelas suas cabeças ao pensar no assunto. Neste momento, é inevitável que a primeira atitude seja a de cortar gastos e optar por preços acessíveis, neste sentido, o noivo acaba associando o corte de custos a exclusão dos serviços de Assessoria de Casamento, enquanto que, a noiva, por sua vez, acredita que este serviço trará a tranquilidade e perfeição desejada.

noivafeia.jpg

Depois de uma longa e tranquila DR (a famosa discussão de relacionamento) sobre os prós e contras de se contratar a assessoria de casamento, ambos (mais a noiva do que o noivo) chegam a conclusão de que este serviço trará além de comodidade, a minimização dos gastos em todos os sentidos, bem como no total dos custos do evento. Ao final da festa, depois que a equipe profissionalizada realiza todo o check list e cuida de cada etapa cuidadosamente, pensando em cada detalhe até o último convidado sair, chega a parte mais gostosa e gratificante para o profissional de assessoria, o abraço de agradecimento dos noivos, que juntos e felizes, saem gratos e completos , porque o maior sonho de suas vidas, foi realizado com sucesso e muito amor.

Por Barbara Morais

#pedidodecasamento

DESTAQUE
ARQUIVO
TAGS
Nenhum tag.
SIGA-NOS
  • Facebook Basic Square
  • instagram-logo.jpg
  • Google+ Basic Square